WANDERLINO ARRUDA

DOCE SENTIR

DOCE SENTIR

      Wanderlino Arruda

Acordo, penso, medito,
Sonho de muito querer,
viva vibração, visível sentir…
em intenso relembrar.

Perceptíveis lembranças
em luzes de Primavera:
sensíveis e doces, gostosas,
mais do que lindas!

Muito de ler,
muito de ouvir,
tudo translúcido, quase real,
imaginação de muitas cores,
espiritual soprar de brisas,
delícia!


http://www.wanderlino.com.br  
http://www.wanderlino.com.br/cronicas  
http://www.wanderlino.com.br/historia  


Comment On This Poem --- Vote for this poem
DOCE SENTIR

249,509 Poems Read