WANDERLINO ARRUDA

COR DE AMOR

COR DE AMOR

          Wanderlino Arruda

Espaço azul início,
música de infinito, música
em alma luz
de existência plena.
O horizonte é poesia
de alegria mais,
corpo ternura
brava e longilínea
de um relógio tempo:
horas passadas e não medidas.
Viva vivência, vibração de vida
intensamente pouca,
intensamente muita,
nuances de calor sentir.
O esmeralda-índigo
é pêssego-pelúcia
em chuva-manhã de anil.
É o aqui, o ali-fronteira
lucidez magia!

http://www.wanderlino.com.br
http://www.culturavirtual.blogger.com.br/
http://www.denilsonarruda.blogger.com.br/  



Comment On This Poem --- Vote for this poem
COR DE AMOR

249,510 Poems Read