WANDERLINO ARRUDA

ALEGRIA

ALEGRIA

          Wanderlino Arruda

Está em todo canto, em toda parte,
no meio das cores, no meio dos sons,
pode estar nos montes, nas planícies,
em jardins, nas ruas, nas praças,
em escolas, nos escritórios,
nas lojas, em ante-salas.
Existe alegria no ritmo, no movimento,
Ao acender das luzes e até no pisca-piscar.
Sente-se alegria no balanço do mar
E no andar da moça bonita.
sente-se a alegria dos passarinhos,
em vôos e cantos,
e no vento que passa.
Na inocência das crianças sente-se alegria,
na malícia dos jovens sente-se alegria,
e na sabedoria dos velhos.
Alegria das plantas durante e depois da chuva,
alegria dos montes no despontar do sol,
alegria da mãe diante da graça do filho,
alegria divina diante da beleza do amor,
alegria de todos diante da própria alegria.

http://www.wanderlino.com.br/historia  
http://www.wanderlino.com.br/montesclaros
http://www.wanderlino.com.br/rotary  


Comment On This Poem --- Vote for this poem
ALEGRIA

251,276 Poems Read