WANDERLINO ARRUDA

CANTARES DE AMOR

CANTARES DE AMOR

    Wanderlino Arruda

Explodindo meu amor,
se não o sabes,
oh! mais formosa das mulheres,
oh! mais linda e minha:
é entre o translúcido
do mais puro mel,
que apascentas os cabritos,
até os limites da tenda
deste teu alegre pastor.
Ás poldras do carro do Faraó,
às graciosas sílfides do amor,
te comparo, te vejo
e sinto, oh! querida minha,
oh! encanto de mulher-menina.
Fogosas são tuas faces,
sonoro teu jeito de ser
harmonia muita,
formosura sim!
Entre as belezas
dos colares de teus seios,
com incrustações de prata
e róseos diamantes,
enfeites de ouro farei.

http://www.wanderlino.com.br
http://www.wanderlino.com.br/historia
http://www.wanderlino.hpg.com.br  


Comment On This Poem --- Vote for this poem
CANTARES DE AMOR

250,020 Poems Read